quarta-feira, 23 de novembro de 2011


O Risco de Adiar (Caco Baresi)
Não deveríamos adiar nada, absolutamente nada em nossas vidas.
O risco é grande, Acredite!
Como adiar algo para amanhã ou depois se na realidade, só temos o hoje?
Quando você tiver de adiar alguma coisa, pense duas vezes.
É possível que seja para sempre. O certo é que só temos o hoje.
Principalmente se o que você tem a fazer, é dizer a alguém que o ama.
Faça-o, já!Se o que você tem a fazer, é pedir desculpas. Faça-o, já!
Se o que você tem a fazer, é reconhecer um erro...Faça-o agora!
Ponha esse peso pra fora!
O tempo não para!O tempo não espera!O tempo não volta atrás!
Aliás, o tempo não trás... ele leva...
Leva pra sempre as oportunidades perdidas
Leva pra sempre os “eu deveria ter feito”
Leva pra sempre os “eu deveria ter dito”
Leva pra sempre os “eu deveria ter ido”
E o que fica são os
“ah, se eu pudesse voltar atrás...”
“ah, seu eu tivesse feito assim ou assado...”
Mas se o tempo de ter feito já foi,
É duro, mas ele não volta mais...
É possível mudar o fim, o início, jamais!
Então faça! Viva!
Chore! Cante!
Xingue! Grite!
Dance! Reclame!
Reze! Pule!
Perdoe!
Perdoar não dói!
Mas o tempo todo,
Ame! Ame! Ame!
Beije! Goze! Prose!
Trabalhe! Enrole!
Desrespeite a dose!
Arrisque!
Faça sem pensar!
Erre! Aprenda! Refaça!
Perca! Ganhe!
Agite! Inflame!
Seja lindo, seja infame!
Mas sempre
Ame! Ame! Ame!
E se amar dói,
Deixa doer
Deixa arder
Deixa queimar esse peito
E, ainda que com respeito,
Volta e meia,
Diga uns “que pena!”
Às vezes, só às vezes,
Ligue o “botão do foda-se”
Ou apenas desligue o
“transponder”,
Volta e meia,
Diga uns “que se dane!”
Mas... sempre...
Ame! Ame! Ame!
Refaça o que for preciso,
Mas decida!
Decidir errado é melhor do que ser indeciso.
Chore! Plante!
Seja lindo, seja amante!
Seja tolo! Seja errante!
Seja bobo, faça piruetas.
Faça faxina,
Limpe tuas gavetas!
Ah! Há um velho conselho,
Porém seguro:
Faça ponte, não faça muro!
Seja tudo!
Experimente!
Dê vida a tua semente!
Ame a tudo!
Ame a todos!
Ame ao mundo!
Odeie a tudo e a todos
Mas não por mais de um segundo.
Faça amigos!
Namore, elabore,
Atrapalhe, colabore,
Peça desculpas
Diga “te gosto!”
Dê “bom dia!” de verdade
Fale alto! Grite!
Ensurdeça a multidão!
Faça silencio! Escute teu coração
Faça nada! Faça enxame!
Cometa gafes! Dê vexame!
Mas sempre
Ame! Ame! Ame!
Lembre-se:
O tempo não para!
O tempo não espera!
O tempo não volta atrás!
Aliás, o tempo não trás... ele leva...
Ele leva...
E pense duas vezes antes de agredir
Uma pessoa com palavras...
(também preciso aprender isso!)
A diferença básica entre se agredir
com tapas ou com palavras, é que com tapas,
dói, mas o tempo continua passando...
... enquanto que com palavras, o tempo passa,
mas continua doendo...
E nunca!
Eu repito, NUNCA,
Brinque com os sentimentos dos outros
Isso não dá pra perdoar...
Pois mesmo o tempo que leva... leva....
Leva tempo pra curar...

2 comentários:

Unknown disse...

Puxa Cacilda... se conseguíssemos nos desprender e viver a metade dos modelos e dos conselhos sugeridos até o final de nossas vidas, tenho certeza que seríamos mais livres e muito mais sinceramente livres de sentimentos. Ótima prosa... (roubado/ emprestado via fb)https://www.facebook.com/profile.php?id=100001053729839

Administrador do Blog disse...

Curti ler minha prosa por aqui...rs Abraços. Caco Baresi